DICIONÁRIO DE AGRONEGÓCIOS: uma obra inédita e interativa no CPS

Edilene Gasparini Fernandes

Resumo


Este texto aborda um projeto em andamento de confecção e publicação de um dicionário terminológico pedagógico bilíngue em Agronegócio, envolvendo alunos e professores no trabalho de compilação, tradução e versão de termos da área. Nossa concepção da obra, hoje, é a de publicação em papel, CD-ROM e o acesso online das entradas por meio de sua disponibilização dentro de um sítio eletrônico, acessado por meio de um desktop ou aparelho celular, ideia tornada possível por meio do desenvolvimento de um app por dois alunos dentro de um trabalho de TCC, o qual recebeu a menção de melhor projeto entre aqueles apresentados no primeiro semestre de 2015 na Fatec Rio Preto, e teve indicação para participar do projeto Inova Paula Souza. Este projeto carrega um papel motivador dentre os alunos dos Cursos de Agronegócios que, muitas vezes, não valorizam a prática mais intensa da Língua Inglesa. A matéria de pesquisa para formar esse corpus faz parte de um rol de artigos específicos da área de Agronegócios disponíveis online ou em nossas bibliotecas digitais ou não. Guiamo-nos pela metodologia de Barros (2004) a respeito da formação dos dicionários terminológicos a respeito da inserção de termos num sistema aberto.

Texto completo:

PDF

Referências


Assessing the Status of the Global Dairy Trade. IFAMA (International Food and Agribusiness Management Association) V. 19 Issue B. 2016. Disponível em: https://www.ifama.org/

BARROS, Lidia Almeida. Curso básico de terminologia. São Paulo: Edusp, 2004.

BERBER SARDINHA, T. Computador, corpus e concordância no ensino da léxico-gramática de língua estrangeira. In: LEFFA, V.J. (org.) As palavras e sua companhia: o léxico na aprendizagem. Pelotas: Educat, 71-94, 2000.

CABRÉ, M. T. La terminología. Teoría, metodología, aplicaciones. Barcelona: Editorial Empúries, 1993.

CAMPOS, M. C. Sobre la elaboración de diccionarios monolingües de producción. Las definiciones, los ejemplos y las colocaciones léxicas.

COIMBRA, Cel. Fotografia 1. Amazônia: 2010. Disponível em: http://florestaaguadonorte.blogspot.com.br/2010/10/igarape-de-mata.html. Acesso em 10 de out. 2016.

DOMICIANO, Fernanda. Livro sobre pragas e doenças na cultura da batata do IB auxilia produtor no campo. Resenha, jan. 2017. Disponível em: http://www.apta.sp.gov.br/

DURAN, Magali Sanches; XATARA, Cláudia Maria. A metalexicografia pedagógica. Cadernos de tradução. Florianópolis, vol 2, n. 18, 2006.

______. Lexicografia pedagógica: autores e interfaces. Delta. 23 (2), 203-222, 2007.

FROMM, Guilherme. Obras lexicográficas e terminológicas: definições. Revista Factus, Taboão da Serra, n.1 v 2, p.139-147, 2004.

LOPES, Carlos Alberto; BUSO, José Amauri. A cultura da batata. Coleção Plantar, n.42, Brasília, 1999. Disponível em: https://www.embrapa.br/

ORMOND, José Geraldo Pacheco. Glossário de Termos Usados em Atividades Agropecuárias, Florestais e Ciências Ambientais. Rio de Janeiro: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. 3.ed., 2006

SPERAFICO, Dilceu. O agronegócio, as exportações e as barreiras comerciais. Portal do Agronegócio, Minas Gerais, out. 2016. Disponível em http://www.portaldoagronegocio.com.br/. Acesso em: 25 out. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478

____________________________________________________________________________________________________________________