PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INOVADORAS NO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTÍMULO AO SENTIMENTO DE PERTENCIMENTO DO ALUNADO.

Marluce Gaviao Sacramento Dias

Resumo


O trabalho em questão aborda práticas pedagógicas inovadoras no ensino da língua portuguesa nas Faculdades de Tecnologia (FATEC) do Centro Paula Souza. Tais práticas tem como finalidade primordial não só o cumprimento das ementas dos diversos cursos nos quais a disciplina é ministrada, mas também o estabelecimento de vínculos com e entre os alunos, para que se sintam parte integrante da instituição em que estudam. Seja sob o nome de Língua Portuguesa ou Fundamentos da Comunicação e Expressão,  a disciplina permite o uso de práticas pedagógicas que associam a instrução com a  aprendizagem da liberdade de pensar, conforme explicita Meirieu (2005). Um aluno reflexivo se tornará um cidadão mais consciente e participativo. Para que isto ocorra, é importante que o alunado conclua o curso que o contemplará com a formação escolhida, apesar das eventuais dificuldades que  surgem no meio do caminho até a conclusão do curso. Para que estas questões sejam resolvidas ou minimizadas, é importante que o aluno se sinta como parte integrante da instituição em que estuda. Precisa sentir que pertence ao ambiente acadêmico de forma efetiva para que ali queira permanecer. Neste sentido são apresentadas práticas pedagógicas inovadoras que poderão estimular no aluno este sentimento de pertencimento. A pesquisa se baseia em observações feitas durante o primeiro ciclo nas FATEC, nas disciplinas acima mencionadas e apresenta as atividades desenvolvidas pelos alunos que propiciaram o desenvolvimento do sentimento de pertencimento do alunado que desta forma se sente estimulado a prosseguir no curso até a sua conclusão.


Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, J.G.; ARANTES, V.A., Afetividade na escola, São Paulo, Summus, 2003.

BRASIL. LD. Presidencia da República. Lei de Diretrizes e Bases, 1996. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/9394.htm>Acesso em 30 de abril de 2017.

BERVIAN, P.A.; CERVO A.L.; SILVA R. Metodologia Científica, 6ª.ed., São Paulo, Pearson Prentice Hall, 2007.

GERALDI, J.W. A aula como acontecimento. São Paulo, Revista na Ponta do Lápis. No. 10, 2008

LARROSA, J. Pedagogia Profana – Danças, Piruetas e Mascaradas. Trad. Alfredo Veiga Neto, 4ª. ed. , Belo Horizonte, Autentica, 2006

MEIRIEU, P. Carta a um jovem professor, Porto Alegre, Artmed, 2005.

ROJO, R., Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo , Parábola Editorial, 2009.

SASTRE, G.; MORENO, M. Resolução de conflitos e aprendizagem emocional : gênero e transversalidade. São Paulo, Moderna, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478

______________________________________________________________________________