Um projeto complexo e transdisciplinar nas aulas de Literatura Espanhola e Hispano-Americana

Priscila Penna Ferreira

Resumo


Como professora de literatura espanhola e espanhol para graduandos em formação Inicial, foi notada a dificuldade dos estudantes de se expressar, de desenvolver estruturas linguísticas na língua espanhola, dificultando seu envolvimento com a literatura. Será desenvolvido um projeto complexo que leva em consideração a escrita em diferentes contextos que vão de encontro com a realidade deles (multiletrados). A literatura espanhola e hispano-americana tem um relevante papel no desenvolvimento da pesquisa. Ela que servirá de base para o desenvolvimento do projeto proposto aos alunos.  OBJETIVO: desenvolver um projeto complexo e transdisciplinar a fim de motivar os alunos do curso de Letras aprender e construir seu conhecimento dentro da literatura espanhola e evoluir na língua espanhola de uma outra maneira. Busco apoio nas ideias de Morin(2015) e Behrens(2000) principalmente. Trata-se de uma pesquisa fundamentada no viés da complexidade, de cunho qualitativo. METODOLOGIA: A proposta é a confecção de uma fotonovela digital de obras inspiradas nos seguintes autores: Pablo Neruda, Cervantes, Bioy Casares e García Marquez. Autores que alcançam a literatura espanhola e hispano-americana. Posteriormente, cada grupo irá relatar em forma de ensaio, todo o processo de confecção da fotonovela. CONCLUSÃO: A pesquisa ainda está em fase de desenvolvimento, será mostrada a maneira que ela está sendo desenvolvida, tudo que foi vivenciado até agora e os possíveis resultados. A intenção é que através desse projeto fique evidenciado o desenvolvimento de estratégias de indagação, interpretação, o que requer investigar uma obra literária, que por sua complexidade, favoreça o melhor conhecimento desses estudantes, de si mesmo e do mundo. Portanto ao final da pesquisa é mostrar que o graduando possuirá um conhecimento maior na língua espanhola, porém ao mesmo tempo será possível um mergulho na literatura e na sua formação como futuro educador.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. C. DE. Ciências da complexidade e educação: razão apaixonada e politização. Natal, RN: EDUFRN, 2012. 272 p.

ALMEIDA, C.; PETRAGLIA. I. LIMENA, M.M et al (orgs). Estudos da complexidade 2. São Paulo: Xamã, 2008. 143 p.

AZZARI, E.F; LOPES, J.G. Interatividade e tecnologia. In: ROJO, R. Escola conectada: os multiletramentos e as TICS. 1 ed. São Paulo: Parábola, 2013. Cap. 10. p. 193-208.

BEHRENS, M. A. Metodologia de projetos: Aprender e ensinar para a produção do conhecimento numa visão complexa. Coleção Agrinho (s/d) 116 p.

BRAIT, B. Literatura e outras linguagens. São Paulo: Contexto, 2010. 235 p.

DIAS, F. B; DONATO, S. P; ENS, R. T. Pensamento complexo e transdiciplinaridade na escola: olhares em si. In: BEHRENS, M. A; ENS,T.R.(orgs). Complexidade e transdiciplinaridade: Novas perspectivas teóricas e práticas para a formação de professores. 1. ed. Curitiba, Appris, 2015. cap.5, p. 87-105

MORAES, M. C. Ecologia dos saberes: complexidade, transdisciplinariedade e educação: novos fundamentos para iluminar novas práticas educacionais. São Paulo: Antakarana/WHH – Willis Harman House, 2008.

MORIN, E. Complexidade e ética da solidariedade. In: CASTRO, G. DE. Ensaios da Complexidade. 4 ed. Porto Alegre: Sulinas, 2006. 246 p.

____________. Ensinar a viver: manifesto para mudar a educação. Tradução de Edgard de Assis Carvalho e Mariza Perassi Bosco. Porto Alegre: Sulina, 2015. 183 p

______________. Ciência com consciência. Tradução de Maria D. Alexandre e Maria Alice Araripe de Sampaio Doria. ed. revista e modificada pelo autor – 16° ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2014. 350 p.

SUANNO, M.V.R. Em busca da compreensão do conceito de transdisciplinaridade. In: MORAES, M.C; SUANNO, J.H. O pensar complexo na educação: sustentabilidade, transdisciplinaridade e criatividade. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2014. cap.3. p. 99 - 126.

THADEI, J et al. Multiletramentos em ambientes educacionais. In: ROJO, R. Escola conectada: os multiletramentos e as TICS. 1 ed. São Paulo: Parábola, 2013. Cap. 7. p. 135-158.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478

____________________________________________________________________________________________________________________