Programa Fatec Idiomas: Ensino de idiomas com cidadania e responsabilidade social

Jefferson Biajone

Resumo


Este trabalho trata-se de um relato de experiência que parte do pressuposto de que o ensino de idiomas estrangeiros no âmbito de uma faculdade de tecnologia não se encontra restrito apenas à prescrição curricular pertinente aos idiomas do Inglês e ao Espanhol, mas também pode, e mesmo deve, contemplar a aprendizagem de outros idiomas modernos para assim fomentar uma maior capacitação linguística a seus futuros tecnólogos, bem como de seus professores e integrantes da comunidade local. Assim sendo, este trabalho tem por objetivo apresentar relato de experiência sobre o Programa Fatec Idiomas, iniciativa que conjuntamente com o trabalho de ensino do Núcleo de Estudos de Linguagem de Itapetininga tem sido objeto de reconhecimento de alunos, professores e integrantes da comunidade da Fatec de Itapetininga pelo oferecimento de cursos livres e gratuitos nos idiomas modernos Mandarim, Japonês, Espanhol, Italiano, Inglês, Francês, Alemão e Inglês, assim como de cursos preparatórios para certificação internacional junto aos programas federais Ciência sem Fronteiras e Inglês sem Fronteiras. Na condição de relato de experiência, a metodologia emprega para a sua realização foi a descrição histórica dos fatos que se sucederam à criação do programa até a atualidade de seu funcionamento junto à mencionada Fatec. Dentre os resultados obtidos dessa iniciativa se encontram a 1) melhoria do nível de produção linguística dos participantes nos idiomas da iniciativa, o 2) recrutamento de monitores e instrutores de idiomas, a 3) obtenção de bolsas de estudo para formação no estrangeiro e o 4) reconhecimento da comunidade do valor da iniciativa em termos de promoção do conhecimento, da cidadania e da responsabilidade social. A conclusão deste relato de experiência aponta para o entendimento de que iniciativas gratuitas como o programa Fatec Idiomas que visam à melhoria da produção linguística em idiomas modernos, são cada vez mais necessárias em um mundo globalizado como o atual.

Texto completo:

PDF

Referências


BARCELLOS, C. N.; BIAJONE, J. . Crowdlearning: a promising trend of English as a foreign language learning. Perspectiva em Educação, Gestão e Tecnologia, p. 10-11, 2014.

CALVINO, I. Seis Propostas para o Próximo Milênio. São Paulo: Cia das Letras, 2006.

DEMO, P. Ser professor é cuidar que o aluno aprenda. 7ª ed. Porto Alegre: Mediação, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478

____________________________________________________________________________________________________________________